TCE Amapá celebra acordo de cooperação técnica com a Amprev

Janderson Carlos Nogueira Cantanhede - quinta, 01 de outubro de 2020
TCE Amapá celebra acordo de cooperação técnica com a Amprev
TCE - Comunicação

Nesta quinta feira, 01/10, o Tribunal de Contas do Estado do Amapá, assinou o termo de cooperação técnica com o Instituto Amapá Previdência (AMPREV).

A parceria visa o desenvolvimento de projetos e ações de interesse comum, a prática de ações conjuntas dos órgãos, voltados para o treinamento de recursos humanos, desenvolvimento e o compartilhamento de tecnologias, de informações e de recursos de informática.

Com o acordo a Amprev disponibilizará ao departamento de Recursos Humanos do TCE Amapá acesso ao sistema informatizado de aposentadoria (SISPREV), que vai contribuir para atualização dos dados cadastrais de seus servidores efetivos, além de utilizar a plataforma de contagem de tempo de serviço para aposentadoria e abono de permanência aos servidores efetivos encaminhados pelo TCE/AP.

Haverá também o compartilhamento   de informações à AMPREV dos afastamentos temporários dos servidores efetivos do TCE/AP e realização de perícia médica nos servidores efetivos nos casos de afastamento temporário.

A Amapá Previdência   oferecerá treinamentos para utilização dos sistemas aos servidores do departamento de recursos humanos do TCE.

Para o presidente, conselheiro Michel Hoaut Harb, “as instituições irão conseguir melhorar a gestão, com o compartilhamento de informações e uso de tecnologias, enfrentamos um momento de pandemia que nos impôs grandes limitações e restrições, mas temos que ultrapassar barreiras para cumprir nosso papel enquanto gestor público, essa parceria vai fortalecer o trabalho das duas instituições. Declarou o presidente.

 

O Tribunal de Contas como forma de integração e aprimoramento, vai ofertar vagas em cursos de capacitação aos servidores da Amprev, quando constar na programação do órgão.

O diretor presidente da Amprev, Rubens Belnimeque de Souza, falou da importância da aproximação dos entes públicos e patronais “ temos que dar transparência, são cerca de 30 mil servidores, que precisam do nosso atendimento, oferecer qualidade nesse serviço é uma de nossas prioridades, por isso, viemos buscar a expertise que tem o tce Amapá, o compartilhamento de informações vai dar celeridade aos processos”. Enfatizou.

O acordo não prevê despesas orçamentárias ou financeiras, qualquer despesa ficará sob responsabilidade dos participes. Na celebração de assinatura do acordo estiverem presentes, o conselheiro corregedor Regildo Salomão, Conselheiro ouvidor Reginaldo Parnow Ennes, procuradora de contas Amélia Gurjão, diretores do TCE e diretores da Amprev.