TCE Amapá realiza primeira Sessão virtual ao vivo pelo Youtube

Janderson Carlos Nogueira Cantanhede - quinta, 30 de abril de 2020
TCE Amapá realiza primeira Sessão virtual ao vivo pelo Youtube
TCE - Comunicação

A segunda sessão virtual do Tribunal de Contas do Amapá, realizada na quarta-feira (29/04), foi transmitida pela primeira vez pela plataforma Youtube. A inovação, além de ampliar o acesso às sessões ordinárias, é necessária por conta do distanciamento social provocado pela quarentena do novo coronavírus.
Na abertura, o conselheiro Michel Houat Harb, falou sobre os esforços que o poder público amapaense tem feito para controlar a pandemia. Ele citou ainda as dificuldades que o Estado e municípios têm enfrentado na compra de testes rápidos para diagnosticar o coronavírus. Diariamente estão sendo feitos 400 testes rápidos no Amapá, e outros 800 testes estão sendo feitos, semanalmente, em parceria com um laboratório em Belém (PA). “Tenho acompanhado as ações de enfrentamento à doença e uma das maiores dificuldades é encontrar mão de obra especializada para cobrir os profissionais que estão com covid-19. As pessoas ainda estão saindo às ruas e o isolamento social deve ser respeitado para que a gente consiga superar tudo isso”, comentou Michel.
O conselheiro Reginaldo Ennes propôs uma moção de apoio às medidas adotadas pelas secretarias estadual e municipal de Saúde pelo enfretamento do vírus. Os conselheiros Michel Harb, Ricardo Soares e Regildo Salomão estenderam, respectivamente, a moção de apoio a todos os profissionais envolvidos, os profissionais da segurança pública, médicos e da saúde em geral.
Na pauta de julgamento, o Pleno apreciou 68 processos. Foram 37 atos de admissão aprovados, sendo 11 sob a relatoria do conselheiro Ricardo Soares, cinco sob a relatoria do conselheiro Reginaldo Ennes e 20 sob a relatoria do conselheiro Regildo Salomão.
Oito atos de aposentadoria, sob a relatoria do conselheiro Amiraldo Favacho, também foram aprovados. A conselheira Maria Elizabeth relatou dois processos de prestação de contas e um de tomada de contas especial. Outros 14 processos também de contas especiais, sob a relatoria do conselheiro Reginaldo Ennes, foram extintos.
Quatro processos de comunicação de irregularidade, sendo um sob a relatoria do conselheiro Ricardo Soares e três sob a relatoria do conselheiro substituto Marcelo de Santana, também foram apreciados pelo Pleno. A próxima sessão ordinária está marcada para o dia 13 de maio.